LEIA TAMBÉM

23 de junho de 2016

Em nota, professores de Escola Estadual em Milagres confirmam continuidade da greve

Movimento grevista começou no mês de abril (Foto: Ilustrativa/Reprodução)
Por meio de nota divulgada nesta quarta-feira (22) os professores da E.E.M. Dona Antônia Lindalva de Morais (Escola Estadual) de Milagres, confirmaram a continuidade do movimento grevista, iniciado em 25 de abril.

Os docentes justificaram a paralisação em razão da "recusa do senhor governador do estado do Ceará, Camilo Santana, em dialogar com o sindicato dos servidores públicos em relação à pauta do reajuste salarial anual, previsto em lei para a data base de 01 de janeiro de cada ano".

O comunicado diz que a greve vai ser mantida por tempo indeterminado "até que o governo venha a cumprir com a lei e priorizar o reajuste salarial da categoria dentro do orçamento estadual, pois o mesmo é garantido por lei e no estado do Ceará".

Os professores reiteram que, após o movimento, vão cumprir os 200 dias letivos de direito dos alunos.



Tecnologia do Blogger.