LEIA TAMBÉM

20 de abril de 2019

Professor caririense lança primeiro filme em Milagres

(Foto: Divulgação)
Com inspiração em contos populares do Cariri, o longa-metragem “O Valor do Tesouro Perdido” será lançado neste sábado (20) como a mais nova produção realizada na região por produtores locais. Dirigido pelo artista visual e professor Jaildo Oliveira, o filme será exibido em Milagres.

De acordo com Jaildo, o projeto do longa iniciou em 2012, e após adaptações decidiu tirar do papel e traze-lo para as telonas. O enredo trata de contos sobre botijas narrados pelos mais velhos e baseados em depoimentos de alguns moradores do sítio que contaram sobre suas aventuras, traquinagens e experiências vividas durante a infância. O contexto histórico do filme abrange o período em que o nordeste brasileiro experimentou o fenômeno do cangaço.

O jovem caririense participou da produção de várias narrativas cinematográficas, e após dirigir, produzir e integrar a equipe de vários curtas-metragens, ele lança sua primeira obra de longa duração. O filme narra a trama do casal Manuel e Toinha e dos seus quatro filhos que habitam o interior do sertão nordestino, no início do século XX. O pai da família vivencia um momento difícil, tanto pela sua condição social, quanto por ter sua vida ameaçada em virtude de uma dívida com um rico fazendeiro da região.

Jaildo vem realizando o trabalho de modo independente, contando apenas com o apoio da comunidade do Cajuí e de amigos. A produção foi desenvolvida com a colaboração dos moradores da referida comunidade que acabam por realizar não somente a função de atores, mas também ajudam na parte técnica das gravações das cenas. Jaildo costuma envolver toda a sua família na hora de fazer o filme.

O sítio Cajuí, no município de Milagres, serviu de cenário para esta produção audiovisual inspirada nos contos populares em torno das botijas e, ao mesmo tempo, se constitui numa autobiografia de alguns moradores do sítio (que narraram sobre suas experiências vividas na infância e as mesmas deram bases para estrutura do roteiro). O filme também traz cenas que representam momentos memoráveis da infância do jovem cineasta o qual cresceu neste lugar.

O elenco principal conta com a participação de Tonho Carvalho (Manuel), Corrinha Sampaio (Toinha), Érica Bezerra (Severina), Lucas Sampaio (João), Sarah Bezerra (Sebastiana) e Davi Bezerra (Joaquim). Além de seus familiares, outras pessoas também foram convidadas a integrar a equipe, como as atrizes com participação especial, Joaquina Carlos e Betânia Lopes.

A equipe técnica foi composta por vários profissionais e artistas da região do Cariri cearense como: Cheyenne Alencar, Carol Bezerra, Marlene Bezerra, Luka Severo, Erlândia Benevides, Alisson Flor, Amilton Duarte e Rafael Rubys. A trilha sonora, totalmente original, foi criada pelos músicos DiFreitas e Evanio Soares, além da música tema do filme composta e interpretada por Luciana Campos.

Com informações do Badalo

Tecnologia do Blogger.