LEIA TAMBÉM

11 de junho de 2016

Barro tem caso confirmado de raiva animal, diz Secretaria de Saúde do Estado

Saqui é o principal responsável pela presença da doença no Estado (Foto: Reprodução)
Apesar de não haver registro de raiva humana no Ceará há quase quatro anos, o Estado permanece em alerta para os casos da doença em bichos. De acordo com a médica veterinária do Núcleo de Controle de Vetores da Secretaria do Estado do Ceará e responsável pelo Programa da Raiva no Estado, Naylê Holanda, em 2016 já foram confirmados 32 casos de raiva animal em diferentes municípios, de acordo com matéria publicada pelo Diário do Nordeste.

O município do Barro é o único do Cariri Leste com caso confirmado de raiva animal este ano. As confirmações são provenientes de testes laboratoriais feitos a partir do recolhimento dos corpos dos animais que, quando vivos, apresentavam sinais clínicos da doença.

"O principal transmissor da raiva humana no Brasil é o cão, mas, no Ceará vem sendo diferente nos últimos 10 anos. Aqui é sagui o maior responsável, porque a maioria das pessoas insiste em capturar e criar esse animal por não terem conhecimento da transmissão. Por isso estamos implantando um projeto da Sesa com a Seduc para levar informações às escolas", ressaltou Naylê.

Tecnologia do Blogger.