LEIA TAMBÉM

21 de abril de 2015

Regimes Próprios de Previdência de Juazeiro e Crato são alvos de investigação do TCM

Presidente do TCM entende como preocupante o número de municípios com previdência própria
Atento a gestão das previdências próprias dos municípios do Ceará, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) começou a apurar a causa dos recentes prejuízos nas contas dos fundos de pensão dos servidores municipais. A matéria é destaque na edição desta semana do Jornal do Cariri. O periódico lembra que na região, dois dos quatro fundos de pensão estão na lista do TCM e cita que Crato, Juazeiro, Milagres e Santana do Cariri têm fundos de previdência municipal.

Os dados do levantamento estão em um relatório de inspeção especial divulgado no dia 17 deste mês. Segundo o documento, entre os 40 municípios com regime próprio de previdência que foram vistoriados, o prejuízo pode chegar a R$ 40,3 milhões. Ainda segundo o relatório do TCM, os rendimentos negativos podem estar ligados a má gestão ou má fé.

O levantamento não detalha as gestões e, por isso, não é possível dimensionar o grau de envolvimento dos fundos caririenses no resultado negativo. Os fundos de Crato e Juazeiro do Norte são os mais antigos e, por isso, estão na lista do TCM. Milagres e Santana do Cariri foram instituídos recentemente.

Segundo o presidente do TCM, Francisco Aguiar, em entrevista ao jornal O Povo, é preocupante o grande número de municípios que estão instituindo regimes próprios de previdência. Sobre a investigação, Francisco Aguiar reconheceu que ela foi motivada pelas recentes denúncias do envolvimento de regimes de previdência cearenses com fundos de investimentos ligados ao doleiro Alberto Youssef.

Saiba como acessar o blog em seu celular.
Curta nossa página no Facebook.
Siga o Blog do Ribamar Xavier no Twitter.

Tecnologia do Blogger.