LEIA TAMBÉM

24 de abril de 2015

Mercado formal apresenta quase 500 demissões no mês de março no Cariri Leste; veja balanço

201 profissionais entraram no mercado de trabalho no Cariri Leste (Foto: Ilustrativa)
Dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), demonstram que o mercado formal de trabalho nos nove municípios do Cariri Leste mais demitiu que admitiu no último mês de março.

Foram 482 demissões, contra 201 admissões. A proporção fica acima de duas demissões para cada admissão.

O município que mais demitiu, em números absolutos, foi Brejo Santo que atingiu 396 dispensas. Em seguida vem Mauriti com 41 e Milagres com 32 demissões.

Os municípios que mais demitiram, todavia, foram também os que mais tiveram empregos formalizados. Em números absolutos, Brejo Santo registrou 119 admissões, Mauriti 21, Milagres e Barro, 18.

Abaiara e Porteiras foram os município do Cariri Leste que apresentaram o menor número de admissões. Apenas uma no mês de março. Por outro lado, em Abaiara não houve demissões. Em Porteiras, o MTE registrou apenas uma.

Em Milagres, especificamente, a profissão mais afetada com demissões no mês de março foi servente de obras com seis dispensas, seguida de montador de equipamentos elétricos, com quatro. Já repositor de mercadoria e professor de educação fundamental teve o maior número de admissões: duas cada uma.

Veja abaixo um balanço de admissões e demissões no mês de março nos municípios do Cariri Leste.

ABAIARA
01 admissão
00 demissão

AURORA
07 admissões
02 demissões

BARRO
18 admissões
04 demissões

BREJO SANTO
119 admissões
396 demissões

JATI
07 admissões
04 demissões

MAURITI
21 admissões
41 demissões

MILAGRES
18 admissões
32 demissões

PENAFORTE
09 admissões
02 demissões

PORTEIRAS
01 admissão
01 demissão

Saiba como acessar o blog em seu celular.
Curta nossa página no Facebook.
Siga o Blog do Ribamar Xavier no Twitter.

Tecnologia do Blogger.