LEIA TAMBÉM

26 de março de 2015

Tribunal elimina Fortaleza do Campeonato Cearense; clube pode recorrer

TJDF determinou a exclusão do Fortaleza do Estadual 2015 (Foto: Reprodução)
O Fortaleza foi punido, na tarde desta quinta-feira (26), por ter entrado na Justiça Comum, em 2002, no Caso David Madrigal. De acordo com o entendimento da Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol no Ceará (TJDF-CE), o Tricolor do Pici infringiu a lei por ainda ter instâncias desportivas a serem percorridas. Por três votos a dois, a 1ª Comissão Disciplinar decidiu pela exclusão do Leão da Série A do Campeonato Cearense, seu imediato rebaixamento e pela classificação automática do Icasa para a final do estadual.

No entanto, a diretoria leonina pode ainda recorrer ao Pleno do TJDF-CE para reverter a situação negativa. Atualmente, o Fortaleza disputa, além do Cearense, a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste. A partir de maio, o clube tem a Série C do Campeonato Brasileiro pela frente. O Tricolor do Pici terá três dias úteis para apresentar o recurso ao Pleno do TJDF-CE. No caso, até terça-feira (31). O Leão do Pici também terá de pagar multa de R$ 50 mil.

O Fortaleza se classificou para as semifinais como segundo colocado, com 27 pontos, e enfrentaria o Icasa, nos dias 5 e 19 de abril. Na última quarta-feira, a equipe de Marcelo Chamusca venceu o Sport por 1 a 0 no primeiro duelo pela Copa do Nordeste. Neste domingo (29), terá o segundo duelo decisivo, na Ilha do Retiro, às 16 horas, lutando para avançar no Nordestão.

A Federação Cearense de Futebol (FCF) só será comunicada oficialmente da decisão nesta sexta-feira (27), quando a entidade decidirá o que deve ser feito com as semifinais marcadas entre Fortaleza e Icasa.

Com Globoesporte.com

Tecnologia do Blogger.